Beato João Paulo II já pode ser venerado na Basílica Vaticana

1

A urna com os restos mortais do Beato João Paulo II foi depositada na Capela de São Sebastião neste domingo, às 19h15 (horário de Roma), dentro da Basílica de São Pedro. Os funcionários da Fábrica de São Pedro foram os responsáveis pela operação.

A procissão encabeçada pelo Arcipreste da Basílica, Cardeal Angelo Comastri, seguiu da Sacristia e deteve-se frente à Confissão de São Pedro [túmulo onde estão os restos mortais do Apóstolo] para um momento de oração, com a Ladainha dos Santos Pontífices, e dirigiu-se para a Capela de São Sebastião, onde já estava o caixão de João Paulo II sob o altar, mas ainda à vista.

Ao final da Ladainha, após a tripla invocação em canto de Beate Ioanne Paule, foi recitada a oração própria do novo Beato e feita a incensação. Então, os operários da Fábrica colocaram a grande lápide de mármore branco – com as palavras Beatus Ioannes Paulus PP. II – e fecharam o vão sob o altar, onde está depositado o caixão. Muitos dos presentes fizeram mais uma vez o ato de devoção de beijar a lápide, enquanto a assembleia expressou alegre comoção.

A breve cerimônia terminou em torno das 19h45. Estiveram presentes os Cardeais Angelo Sodano, Decano do Sagrado Colégio; Tarcisio Bertone, Secretário de Estado; Angelo Amato, Giovanni Coppa, Giovanni Lajolo, Giovanni Battista Re, Leonardo Sandri, e os Cardeais Franciszek Macharski e Stanisław Dziwisz, sucessores do Cardeal Wojtyła na Sé de Cracóvia. Da mesma forma, estiveram presentes os Arcebispos Fernando Filoni, Dominique Mamberti e Mieczysław Mokrzycki, ex-vice-secretário pessoal de João Paulo II. Também assistiu a cerimônia o postulador, monsenhor Sławomir Oder, e entre as religiosas estava naturalmente presente a Irmã Tobiana Sobódka e algumas outras irmãs do apartamento pontifício.

Desde as 7h (horário de Roma) desta terça-feira, os fiéis que entram na Basílica podem venerar o Beato na colocação definitiva, junto à Capela de São Sebastião.

Oração própria do Beato João Paulo II
(segundo a Liturgia das Horas)

Ó Deus, rico de misericórdia, que escolhestes o Beato João Paulo II para governar a Vossa Igreja como Papa, concedei-nos que, instruídos pelos seus ensinamentos, possamos abrir confiadamente os nossos corações à graça salvífica de Cristo, único Redentor do homem. Ele que convosco vive e reina, na unidade do Espírito Santo, por todos os séculos dos séculos. Amém.


Da Redação Canção Nova, com informações do Boletim da Sala de Imprensa da Santa Sé (tradução de CN Notícias)