Dia Mundial das Comunicações Sociais destaca importância do silêncio

0

 A Igreja Católica comemora o 46º Dia Mundial das Comunicações Sociais no dia 20 de maio de 2012. Antecipando a data, a Paulinas Livraria realiza sábado (19), das 9h às 12h, em seu auditório um encontro sobre o tema “Silêncio e Palavra: caminhos de evangelização”, proposto pelo papa Bento XVI para este ano. Comunicadores, radialistas, agentes da Pastoral da Comunicação, estudantes de comunicação e interessados são convidados. A entrada é grátis.

Na mensagem do Papa, o silêncio é apresentado como um elemento necessário de integração. “O silêncio é parte integrante da comunicação e, sem ele, não há palavras densas de conteúdo. No silêncio, escutamo-nos e conhecemo-nos melhor a nós mesmos, nasce e aprofunda-se o pensamento, compreendemos com maior clareza o que queremos dizer ou aquilo que ouvimos do outro, discernimos como exprimir-nos. Calando, permite-se à outra pessoa que fale e se exprima a si mesma, e permite-nos a nós não ficarmos presos, por falta da adequada confrontação, às nossas palavras e ideias”, diz o pontífice.

O Dia Mundial das Comunicações Sociais foi instituído em 1967, a partir de uma determinação do Decreto Inter Mirifica, documento do Concílio Vaticano II. Marta Andrade, coordenadora regional da Pastoral da Comunicação e do Setor de Comunicação da Arquidiocese de Fortaleza, explica que a data é sempre celebrada no Domingo da Ascensão do Senhor – este ano em 20 de maio. A exortação de Jesus Cristo feita aos seus discípulos – “Ide e anunciai o Evangelho” – serve como inspiração para a comunicação entre os povos.

Comunicação virtual e presencial

com mais de 1700 artigos publicados, o padre redentorista Brendan Coleman Mc Donald, assessor da Regional Nordeste da CNBB, conversou por telefone com a Agência da Boa Notícia. Ele faz especial reflexão sobre a necessidade da comunicação presencial nessa era em que as tecnologias “rompe os limites” e torna cada vez mais fácil a comunicação entre pesssoas distantes a mihares de quilômetros umas das outras. Mas o avanço da tecnologia da informação apresenta aspectos de grandeza e pequenez, observa ele. “Há grandeza por permitir a comunicação das pessoas apesar da distância e há pequenez porque os meios podem ser usados para motivos escusos”.

Pe. Brendan ressalta que os critérios para o melhor uso dos meios de comunicação estão ao nosso alcance. Os critérios, segundo ele, são os do Evangelho. Dentro desta perspectiva, ele lembra a comunicação de Deus para o Cristo que “abre-nos para o diálogo, para a paz e para o bem comum”. Banalizar os meios de comunicação é negar essas premissas. Adverte ainda o sacerdote: “Nenhuma máquina substituirá, por melhor que seja, o olhar, o gesto fraterno, a expressão, a sinceridade das palavras, a presença humana”. E na comunicação entre os seres humanos, ele, como psicólogo e padre, destaca ainda a importância do saber ouvir o outro. Para tanto, é preciso saber calar.

Em Fortaleza, a programação do Dia Mundial das Comunicações Sociais é feita em conjunto pela Pastoral da Comunicação, Setor de Comunicação da Arquidiocese de Fortaleza e Paulinas Livraria.  A Paulinas Livraria fica na Rua Major Facundo nº 332, Centro, em Fortaleza.

Saiba mais sobre a mensagem do Papa

Logo depois que foi anunciado o tema do 46º Dia Mundial das Comunicações Sociais, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), por meio da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação,  encaminhou a todas as arquidioceses e dioceses o livreto para o Dia Mundial das Comunicações, contendo  A mensagem do Papa Bento XVI;  uma reflexão de dom Dimas Lara Barbosa, arcebispo de Campo Grande (MS) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação, sobre o texto do Papa; sugestões de como celebrar e comemorar o Dia Mundial das Comunicações, organizadas pela assessora de comunicação da arquidiocese de Vitória, Maria da Luz Fernandes. O livreto, editado pela Paulus, pode ser acessado no link  http://www.pccs.va/images/mesa_comun/PDF/brasil-Livreto.pdf

 
Mais informações: Ir. Roseane Welter, Paulinas Livraria – (fone: 85 3226 7544) / Marta Andrade, coordenadora regional da Pascom e do Setor de Comunicação da Arquidiocese de Fortaleza – (fone: 85 3388 8703) / Padre Brendan Coleman Mc Donald, assessor da Regional Nordeste da CNBB