Evangelho do dia – Jo 14,21-26

1

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 14,21-26


Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos:

21Quem acolheu os meus mandamentos e os observa,

esse me ama.

Ora, quem me ama,

será amado por meu Pai,

e eu o amarei e me manifestarei a ele.

22Judas – não o Iscariotes – disse-lhe:

‘Senhor, como se explica

que te manifestarás a nós

e não ao mundo?’

23Jesus respondeu-lhe:

‘Se alguém me ama, guardará a minha palavra,

e o meu Pai o amará,

e nós viremos

e faremos nele a nossa morada.

24Quem não me ama,

não guarda a minha palavra.

E a palavra que escutais não é minha,

mas do Pai que me enviou.

25Isso é o que vos disse enquanto estava convosco.

26Mas o Defensor,

o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome,

ele vos ensinará tudo

e vos recordará tudo o que eu vos tenho dito.
Palavra da Salvação.

Reflexão – Jo 14, 21-26
Segundo o Evangelho de hoje, o amor a Jesus Cristo se manifesta no acolhimento dos seus mandamentos e na observância dos mesmos. Com isso, percebemos que Jesus não quer a submissão do homem a ele, mas comunhão do homem com ele. Quando o homem acolhe os seus mandamentos, na verdade está descobrindo os valores que são o seu fundamento e assumindo esses valores como causa primeira da sua felicidade. Assim, a observância dos mandamentos não significa mera obediência, mas caminho para a construção da felicidade pessoal e comunitária, e este caminho é perfeito porque tem a sua origem no próprio Deus.