Evangelho do dia – Jo 8,1-11

1

Roxo. 2ª-feira da 5ª Semana Quaresma

    
Evangelho – Jo 8,1-11


‘Quem dentre vós não tiver pecado, seja o primeiro a atirar-lhe uma pedra.’


+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 8,1-11

Naquele tempo:

Jesus foi para o monte das Oliveiras.

De madrugada, voltou de novo ao Templo.

Todo o povo se reuniu em volta dele.

Sentando-se, começou a ensiná-los.

Entretanto, os mestres da Lei e os fariseus

trouxeram uma mulher surpreendida em adultério.

Colocando-a no meio deles,

disseram a Jesus: ‘Mestre,

esta mulher foi surpreendida em flagrante adultério.

Moisés na Lei mandou apedrejar tais mulheres.

Que dizes tu?’

Perguntavam isso para experimentar Jesus

e para terem motivo de o acusar.

Mas Jesus, inclinando-se,

começou a escrever com o dedo no chão.

Como persistissem em interrogá-lo,

Jesus ergueu-se e disse:

‘Quem dentre vós não tiver pecado,

seja o primeiro a atirar-lhe uma pedra.’

E tornando a inclinar-se,

continuou a escrever no chão.

E eles, ouvindo o que Jesus falou,

foram saindo um a um,

a começar pelos mais velhos;

e Jesus ficou sozinho,

com a mulher que estava lá, no meio do povo.

Então Jesus se levantou e disse:

‘Mulher, onde estão eles?

Ninguém te condenou ?’

Ela respondeu: ‘Ninguém, Senhor.’

Então Jesus lhe disse:’Eu também não te condeno.

Podes ir, e de agora em diante não peques mais.’

Palavra da Salvação.

Reflexão – Jo 8, 1-11


Quando falamos em pecado, sempre nos referimos aos pecados que os outros cometeram, jamais aos nossos, porque os outros precisam ser condenados pelos seus erros e nós somos diferentes, precisamos ser compreendidos. Quando fazemos isso, geralmente escondemos dos outros a face amorosa e misericordiosa de Deus, porque esta face e só para nós, e lhes mostramos um Deus que pune e é vingativo, que quer o castigo de todos, e esta face não é para nós. Com isso, nos tornamos um obstáculo para a conversão dos outros e, em conseqüência disso, Deus não agirá com misericórdia e amor conosco.