Evangelho do dia: Mc 10,32-45

1

Evangelho – Mc 10,32-45


Eis que estamos subindo para Jerusalém,

e o Filho do Homem vai ser entregue.


+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Marcos 10,32-45

Naquele tempo:

32Os discípulos estavam a caminho

subindo para Jerusalém.

Jesus ia na frente.

Os discípulos estavam espantados,

e aqueles que iam atrás estavam com medo.

Jesus chamou de novo os Doze à parte

e começou a dizer-lhes o que estava para acontecer com ele:

33’Eis que estamos subindo para Jerusalém,

e o Filho do Homem vai ser entregue

aos sumos sacerdotes e aos doutores da Lei.

Eles o condenarão à morte e o entregarão aos pagãos.

34Vão zombar dele, cuspir nele, vão torturá-lo e matá-lo.

E depois de três dias ele ressuscitará.’

35Tiago e João, filhos de Zebedeu,

foram a Jesus e lhe disseram:

‘Mestre, queremos que faças por nós o que vamos pedir.’

36Ele perguntou:

‘O que quereis que eu vos faça?’

37Eles responderam:

‘Deixa-nos sentar um à tua direita e outro à tua esquerda,

quando estiveres na tua glória!’

38Jesus então lhes disse:

‘Vós não sabeis o que pedis.

Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber?

Podeis ser batizados com o batismo

com que vou ser batizado?’

39Eles responderam: ‘Podemos.’

E ele lhes disse:

‘Vós bebereis o cálice que eu devo beber,

e sereis batizados com o batismo

com que eu devo ser batizado.

40Mas não depende de mim conceder

o lugar à minha direita ou à minha esquerda.

É para aqueles a quem foi reservado’.

41Quando os outros dez discípulos ouviram isso,

indignaram-se com Tiago e João.

42Jesus os chamou e disse:

‘Vós sabeis que os chefes das nações as oprimem

e os grandes as tiranizam.

43Mas, entre vós, não deve ser assim:

quem quiser ser grande, seja vosso servo;

44e quem quiser ser o primeiro, seja o escravo de todos.

45Porque o Filho do Homem não veio para ser servido,

mas para servir e dar a sua vida como resgate para muitos.’

Palavra da Salvação.

Reflexão – Mc 10, 32-45


Todas as pessoas querem, e muito, participar da glória de Deus, mas poucas pessoas querem assumir um compromisso maior com o reino de Deus. O evangelho de hoje nos mostra um pouco isso quando Jesus anuncia o mistério da cruz, mas os discípulos estão mais interessados na sua participação na sua glória. Assim, nos dias de hoje nós vemos muitas pessoas exaltando o amor de Deus, cantando os seus louvores, mas sem o menor compromisso com o serviço ao Reino de Deus, principalmente no que se refere à questão dos pobres, dos sofredores, dos marginalizados e dos excluídos.Todos querem ser os maiores, mas poucos estão dispostos a servir.