Evangelho do dia – Mt 19,23-30

2

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 19,23-30


Naquele tempo:

Jesus disse aos discípulos:

‘Em verdade vos digo,

dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus.

E digo ainda:

é mais fácil um camelo entrar pelo buraco de uma agulha,

do que um rico entrar no Reino de Deus.’

Ouvindo isso,

os discípulos ficaram muito espantados, e perguntaram:

‘Então, quem pode ser salvo?’

Jesus olhou para eles e disse:

‘Para os homens isso é impossível,

mas para Deus tudo é possível.’

Pedro tomou a palavra e disse a Jesus:

‘Vê! Nós deixamos tudo e te seguimos.

O que haveremos de receber?’

Jesus respondeu:

‘Em verdade vos digo, quando o mundo for renovado

e o Filho do Homem se sentar no trono de sua glória,

também vós, que me seguistes,

havereis de sentar-vos em doze tronos,

para julgar as doze tribos de Israel.

E todo aquele que tiver deixado casas, irmãos, irmãs,

pai, mãe, filhos, campos, por causa do meu nome,

receberá cem vezes mais e terá como herança a vida eterna.

Muitos que agora são os primeiros, serão os últimos.

E muitos que agora são os últimos, serão os primeiros.

Palavra da Salvação.

Reflexão – Mt 19, 23-30


A nossa vida é condicionada por muitos fatores que marcam a natureza humana decaída por causa do pecado. Esses fatores, em geral, nos afastam de Deus e nos impedem de viver plenamente a proposta do Evangelho. A maior dificuldade para superarmos esses fatores se encontra no fato de que nós somos seres naturais, portanto submissos às leis da natureza decaída de modo que para nós isso é impossível. Mas Jesus nos diz no Evangelho de hoje: ‘Para os homens isso é impossível, mas para Deus tudo é possível’. Somente confiando plenamente na graça divina e procurando corresponder a ela é que poderemos viver o Evangelho apesar das nossas fraquezas e dos desafios que a vida nos impõe.