Grito dos Excluídas e Excluídas de Fortaleza acontece no Lagamar

4

A décima sétima edição do Grito dos Excluídos e Excluídas em Fortaleza acontecerá na comunidade do Lagamar, bairro São João do Taupe, em Fortaleza, Ceará. A concentração inicial será, às oito horas, na Praça São Francisco. A caminhada percorrerá algumas ruas do Lagamar, encerrando em frente à Igreja Sagrada Família, Praça Padre Pasquale, bairro Pio XII. Este ano o Grito tem como tema, “Pela Vida grita a TERRA. Por direitos todos nós.” O tema quer dar continuidade às questões levantadas pela Campanha da Fraternidade 2011 cujo tema foi “Fraternidade e Vida no Planeta”.

Por ser um espaço de denúncia e profecia, desta vez, o Grito denuncia a outra face do legado que nos deixarão os megaeventos e projetos colossais que não saem da mídia: os novos estádios, aeroportos e avenidas para a Copa 2014, como a implementação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), e a construção de grandes hotéis. Tais obras ameaçam a vida de integrantes de comunidades dos mais diversos bairros, as quais poderão ser removidas por causa dessas obras.  impactos sociais com a remoção forçada de famílias que serão obrigadas a mudar o rumo de sua história, laços humanos serão cortados. Casas serão derrubadas para que ruas e avenidas sejam alargadas para o Brasil mostrar ao mundo que cumpriu bem o dever de casa e está preparado para receber os tais eventos esportivos. Denunciar a morte, em suas mais variadas faces: dizimação de crianças, jovens, adultos, idosos e a degradação do meio ambiente. Quer denunciar, ainda, a violação dos direitos da população que não tem nenhuma garantia da melhoria na qualidade de vida. Enquanto isso, R$ 9 bilhões do dinheiro público serão gastos com infra-estrutura para esse megaevento; e as Olimpíadas 2016, no Rio de Janeiro; como também a construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Pará.

O Grito dos Excluídos e Excluídas é um momento de aglutinação das lutas sociais no Brasil. Reúne diversos atores sociais dos movimentos sociais, organizações não governamentais, paróquias e áreas pastorais da Igreja, comunidades e pessoas de boa vontade. Nasceu em 1995 como um gesto concreto da segunda Semana Social Brasileira, evento realizado pela Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz da Conferência Nacional do Bispos do Brasil (CNBB).

Serviço:

Décima sétima edição do Grito dos Excluídos e Excluídas

Horário: 8h00

Local: Praça São Francisco – Comunidade do Lagamar. Próximo ao Sindonibus, Borges de Melo.

Organização: Pastorais Sociais, CEBs e Organismos da Arquidiocese Fortaleza em parceria com movimentos populares e organizações da sociedade civil.

Contatos: Padre Lino Allegri (Pastoral do Povo da Rua) (85) 3270.1486, Emanuel Costa (Comunidade do Lagamar) (85) 8828. 4573, Cássia  (Comunidade Trilha do Senhor) (85) 8813 6991, Francisco Vladimir (Jornalista, membro da Pastoral do Migrante)