"Quando nós retemos os bens da criação é que falta ao outro", aponta Pe. Francisco de Assis Filho

0


Nesta segunda-feira (5/8), aconteceu o quarto dia de festejos em honra de nossa Padroeira, Nossa Senhora da  Glória, com o Momento Mariano, às 18h30, seguido da Celebração Eucarística. No Momento Mariano, a comunidade foi convidada a rezar na intenção dos trabalhadores e daqueles que estão em busca de trabalho. Guiados pelo tema “Por Maria a luz chega aos trabalhadores”, os fiéis meditaram sobre como o trabalho dignifica o homem e a mulher, tornando o mundo mais fraterno.


Na homilia, Padre Francisco aprofundou a temática apresentada no novenário, chamando atenção para a atual situação do país, onde mais de 13 milhões de pessoas estão desempregadas. “Assim como a Mãe da Divina Luz intercede pelo povo, nós também somos chamados a ser intercessores dos nossos irmãos”, destacou o padre.

À luz do evangelho (Mt 14,13-21), Padre Francisco também falou sobre a importância da partilha para que o milagre da multiplicação aconteça. “Jesus faz um convite a cada um de nós: todos nós temos alguma coisa para oferecer ao próximo. Quando nós retemos os bens da criação é que falta ao outro”, refletiu.

Os festejos continuam amanhã, com novenário a partir das 18h30 e celebração eucarística às 19h, presidida por Pe. Júlio César Pereira de Pontes, vigário paroquial de Nossa Senhora da Glória.