Reflexão: Evangelho do dia – Lc 6,36-38

1

Evangelho – Lc 6,36-38

Perdoai e sereis perdoados.


+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 6,36-38


Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:

36Sede misericordiosos,

como também o vosso Pai é misericordioso.

37Não julgueis e não sereis julgados;

não condeneis e não sereis condenados;

perdoai, e sereis perdoados.

38Dai e vos será dado.

Uma boa medida, calcada, sacudida, transbordante

será colocada no vosso colo;

porque com a mesma medida com que medirdes os outros,

vós também sereis medidos.’

Palavra da Salvação.


Reflexão – Lc 6, 36-38


A justiça de Deus é muito diferente da justiça dos homens. A justiça dos homens parte de dois pressupostos: o primeiro diz que a cada um deve ser dado o que lhe pertence, e o segundo afirma que cada pessoa deve receber os méritos pelo bem que promovem e os castigos pelos males que causa. A justiça divina é aquela que distribui gratuitamente todos os bens e dá todas as condições para que o homem possa ser feliz e ter uma vida digna e é por isso que Deus criou todas as coisas e as deu gratuitamente para os homens que não viveram a gratuidade e se apossaram do mundo segundo seus interesses. A justiça divina é aquela que não nos trata segundo as nossas faltas, mas age com misericórdia e nos convida a fazer o mesmo.