Adoração no Iguatemi: Uma transformação no templo do consumo

60

Por Eugênio Furtado*

Como é bem do nosso feitio, quando eu e minha esposa Renata soubemos que nosso pároco, Pe. Helano Samy, iria participar de um evento no Shopping Iguatemi, no dia 27 de maio, ficamos um pouco arredios. Estão querendo fazer de nosso pároco um pop star! Pensamos. Decidimos que não iríamos chancelar essa ideia. Mas Deus tem seus próprios planos. Nosso filho de 15 anos manifestou o desejo de ir para o evento, junto com seus companheiros do Éfeta/Lumen. Precisaríamos levá-lo e, já que estaríamos lá, decidimos que também ficaríamos.

Nosso projeto inicial era que, estando presentes, estaríamos ali para evangelizar, não importando quem estaria pregando ou como iria se desenrolar o evento. Afinal, podemos ouvir nosso pároco todos os dias, escutá-lo não seria propriamente uma novidade. E assim nos preparamos. Mas Deus em sua bondade e misericórdia tinha um plano diferente para o que seria evangelizar no shopping. E não era nada do que estávamos imaginando. Foi muito além. Templo do consumo, do hedonismo, dos encontros fortuitos, o Iguatemi se transformou, diante dos nossos olhos, em templo do único e verdadeiro Rei: Jesus Cristo. Foi histórico. Foi impressionante.

Claro que a maioria das pessoas que estavam lá eram paroquianos. Mas esses mesmos paroquianos mostraram a todos como o cristão deve ser: sal da terra e luz do mundo (Mt. 5, 13-14). Foi realmente um show, um espetáculo… mas foi um espetáculo de fé, de evangelização. Era de encher os olhos o testemunho de mais de mil pessoas reunidas dentro do Iguatemi, louvando o nosso Deus de amor. Passar os olhos por aquele mar de gente orando uns pelos outros e por quem passava foi de arrepiar. Ninguém que estivesse por lá poderia ignorar aquela manifestação de fé e de amor.

A presença viva de Jesus Eucarístico, conduzido pelo Pe Helano e acompanhado pelos paroquianos no Iguatemi, como nunca foi feito antes, mostrou uma Igreja apostólica que sai de dentro do templo e vai para fora, ao encontro do outro e que mostra o quão maravilhoso é Jesus Cristo. Uma igreja evangelizadora. Uma igreja que apresenta um Jesus amoroso e misericordioso. No Shopping Iguatemi, não foram poucos os relatos de pessoas transformadas e maravilhadas com esse amor. Lojistas, seguranças, funcionários do shopping, clientes que olhavam o evento com ceticismo, foram pouco a pouco sendo tocados por Jesus e se juntavam ao coro dos que louvavam a Deus! Ficamos todos (mais uma vez) impressionados com o agir de Cristo.

Demos graças a Deus por essa oportunidade de fazer parte de uma paróquia viva, evangelizadora, que sai de si e vai ao encontro do outro. Que venham novos shoppings, praças, praias, estádios. Estaremos lá! Todos nós! Para testemunhar para quem quiser ver as maravilhas que Jesus fez em nossas vidas e que pode e quer fazer também na vida de todos!

*Eugênio Furtado é jornalista, membro da PASCOM, da Acolhida e do ECC da Paróquia Nossa Sra da Glória