Emoção marca a chegada das relíquias de Santa Teresinha de Lisieux à Paróquia da Glória

97
Foto: Romário Pinheiro

Na tarde do último domingo, dia 28 de abril de 2024, em uma igreja tomada por rosas e belíssimos ornamentos, a Paróquia Nossa Senhora da Glória foi agraciada com a preciosa visita das relíquias de Santa Teresinha de Lisieux, que nos contagiou com as alegrias que os santos proporcionam na vida daqueles que se encantam com o caminho da santidade.

Desde antes das 14h, a comunidade aguardava a chegada do relicário com louvores e oração, em meio a grande expectativa. As relíquias foram transportadas pelo carro do Corpo de Bombeiros, vindas da Catedral Metropolitana. Desde o início, a Pastoral da Comunicação (Pascom) acompanhou o translado e transmitiu os acontecimentos pelas redes sociais da Paróquia.

Foto: Romário Pinheiro

A chegada das relíquias aconteceu às 15h e era aguardada por uma multidão de fiéis. A presença da pequenina doutora da Igreja trouxe aos corações dos paroquianos e visitantes uma profunda sensação de amor divino, suficiente para fortalecer a fé dos milhares de fieis que, ao nosso lado, choravam pedindo pela intercessão da santinha ou apenas agradeciam bênçãos alcançadas. O acontecimento contou com relatos de graças, milagres, pedidos de casamento e, finalmente, a celebração da santa missa, às 17h.

“Essas relíquias benditas significam para nós que o homem de Deus não morre como os outros e santa Teresinha, como uma mulher de Deus, não morreu como as outras. As suas relíquias nos ensinam que ela – que tinha o desejo de peregrinar – está percorrendo o mundo inteiro testemunhando o amor de Jesus Cristo”, afirmou o pároco, Pe. Helano Samy.

Que os exemplos de Santa Teresinha continuem a nos guiar e inspirar, fortalecendo
nossa fé e nos aproximando cada vez mais do amor infinito de Deus.

Texto: André Costa – Pascom | @andrecosta.185
Edição: Patrícia Guabiraba – Pascom