Pe. Eugênio Pacelli: “Maria é o caminho mais curto para o coração de Cristo”

51

Pe. Eugênio Pacelli, diretor do Mosteiro dos Jesuítas, Baturité, presidiu a celebração eucarística desta quarta-feira (9/8), dentro da programação dos festejos da Padroeira, Nossa Senhora da Glória. Em sua homilia, ele ressaltou a força intercessora das mulheres.

O sacerdote aproveitou o momento para testemunhar o lugar especial que Nossa Senhora tem em sua vida. Ele contou que sua conversão se deu por meio da ação de Maria. “Primeiramente encontrei Maria e ela me levou a Cristo”, disse.

Pedindo licença para dirigir-se às mulheres presentes, Pe. Eugênio enfatizou que elas têm um “poder muito grande diante de Jesus”, e tomou o exemplo da mulher cananéia citada no Evangelho do dia (Mt 15, 21-28). “Deus nunca despreza a oração de uma mãe, já que ela sempre pede para os outros e não para si… é 100% gratuita!”, complementa.

Pe. Eugênio conta que a passagem da “mulher cananéia” nos exorta a insistir, mesmo diante do silêncio de Deus. Para ele, a insistência é fruto da fé e da confiança. A fé da cananéia era tanta, que ela sabia que apenas as “migalhas” de Deus seriam suficientes para fazer um milagre na vida de sua filha. “Milagres só vêm onde tem fé”, concluiu.

O sacerdote lembrou ainda que Maria tem o coração aberto e os ouvidos atentos para escutar as preces de seus filhos. “E ela vem apressadamente! Nossa Senhora tem pressa para atender às necessidades de seus filhos”, completou.

Encerrando sua fala, Pe. Eugênio Pacelli conduziu uma oração de intercessão pelos paroquianos da Glória, pedindo especialmente por cuidado e proteção, e para aumentar nossa fé. Ainda nos exortou a jamais nos afastarmos de Maria. Para ele, não há caminho mais curto para chegar ao coração de Jesus Cristo do que o coração de Sua mãe, Maria Santíssima.

Galeria de fotos