Dom José Antonio Aparecido Tosi Marques completa catorze anos à frente da Arquidiocese de Fortaleza

15

Hoje, 24 de março de 2013, dom José Antonio Aparecido Tosi Marques completa catorze anos na Arquidiocese de Fortaleza.


Queremos neste dia em que começamos a Semana Santa, a semana maior do ano na vida da Igreja, não só dar-lhe nossos parabéns, mas agradecer-lhe por seu zelo e sabedoria, por seu testemunho e ações, por seu esforço de comunhão e participação no pastoreio da Arquidiocese de Fortaleza, esta porção do Povo de Deus que a ele foi confiada. O exercício do múnus episcopal na Igreja de Fortaleza, ele sempre o exerceu em comunhão com o colégio episcopal, tanto no Ceará como no Brasil, construindo e acolhendo quer as decisões regionais, quer as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora definidas pela CNBB; também, e não havia de ser diferente, sempre em perfeita comunhão com o Santo Padre, os papas João Paulo II, Bento XVI e, agora, Francisco.


Também tem governado a Igreja de Fortaleza com seus bispos auxiliares e vigários gerais e com os Conselhos desta Igreja – Presbiteral, Episcopal, Pastoral e Econômico – que têm funcionado, nestes catorze anos, com a sua presidência, em reuniões ordinárias, agendadas anualmente. Também escuta, quando necessário, o Colégio de Consultores.


Tem tido uma dedicação especial à formação dos seminaristas, nos três seminários da Arquidiocese – Propedêutico, Filosofia e Teologia – e na Faculdade Católica de Fortaleza. Já ungiu presbíteros mais de cem jovens desta Igreja nestes catorze anos.


No seu pastoreio podemos destacar entre muitas coisas – as principais delas, às vezes, não são vistas, pois é no segredo e no silêncio que se faz presente, sobremaneira, a ação de Deus – as seguintes ações e realizações:


• Diaconato permanente e Escola Diaconal;


• Fórum dos movimentos eclesiais – FAMEC – como um espaço de articulação dos serviços, movimentos, associações e comunidades novas;


• Fundo Arquidiocesano de Solidariedade;


• Fundo de sustentação dos Presbíteros;


• Redimensionamento das Regiões Episcopais, aumentando-as de seis para nove;


• Criação da Faculdade Católica de Fortaleza;


• Criação do Centro de Pastoral Maria, Mãe da Igreja;


• Criação de mais de cinquenta paróquias e áreas pastorais;


• Caminhada Penitencial, no terceiro domingo da Quaresma;


• Caminhada com Maria, na festa da Assunção de Nossa Senhora, padroeira de Fortaleza.


Na orientação pastoral, olhando a realidade cearense, auscultando a Palavra.

Por Miguel Brandão – Secretariado de Pastoral da Arquidiocese de Fortaleza.


http://www.arquidiocesedefortaleza.org.br/atualidades/hoje-24-de-marco-de-2013-dom-jose-antonio-aparecido-tosi-marques-completa-catorze-anos-na-arquidiocese-de-fortaleza/