#FestaDaPadroeira2020, dia 02: “Com Jesus, neste mundo, somos salva-vidas a socorrer os irmãos”

28

A Festa da Padroeira 2020 teve continuidade neste sábado, dia 8 de agosto, com o 2º novenário e a celebração eucarística presidida pelo vigário paroquial, Pe. Luís Furtado. “Maria, Comunicadora da Vida” é o tema da festa, que está sendo transmitida aos fiéis através do canal da Paróquia no YouTube: Paróquia Nossa Senhora da Glória Fortaleza.

Evangelizar a partir de Jesus Cristo

O novenário do dia, que teve a reflexão do Pe. Josieldo Nascimento, ex-vigário paroquial de Nossa Senhora da Glória, apresentou o sub-tema “Com Maria, queremos evangelizar a partir de Jesus Cristo”. “Este sub-tema está profundamente em comunhão com a Exortação Apostólica do Papa Francisco, Evangelii Gaudium, o Evangelho da Alegria”, destacou Pe. Josieldo. “É preciso evangelizar a partir de Jesus Cristo no pilar da Palavra, da Eucaristia e da ação missionária. Evangelizar com Maria é enraizar a fé em Jesus Cristo. Assim, a nossa evangelização é eficaz”, completou.

Para o sacerdote, devemos almejar uma igreja missionária, solidária, fraterna, que defende a vida, como prega o papa Francisco. “Com Maria, a comunicadora da vida, queremos ser uma igreja samaritana”, afirmou. “Você tem evangelizado a sua família a partir de Jesus Cristo? Evangelizar é apresentar o Reino de Jesus, que é um reino de amor, misericórdia e compaixão”, concluiu.

Os salva-vidas de Jesus

A celebração eucarística, como em todos os dias de festejo, contou com a ladainha de Nossa Senhora e a oração a Nossa Senhora da Glória. A partir do Evangelho (Mt 14, 22-33), Pe. Luís Furtado discorreu sobre o episódio da barca, que se agitava no mar. “Era noite escura, com tempestade, vento forte, e as ondas agitadas balançavam o barco. Os discípulos foram sufocados pelo medo; o pavor da morte os dominava”, relembrou o vigário.

Conforme destacou o padre, as águas escuras e revoltas são a figura das dificuldades da vida, assim como as incertezas, as angústias, o desespero e toda maldade moral que há no coração humano. “Como Pedro, nós também queremos caminhar para Jesus, mesmo que seja com o poder dele. Mas nós fraquejamos. Como a Pedro, Jesus nos convida a confiar nele e a passar por cima de tudo, a flutuar sobre o mal, como Pedro caminhou sobre as águas”, refletiu Pe. Luís.

É por meio da fé, da confiança em Jesus, que nós poderemos caminhar para Ele, vencendo todos os obstáculos. “Mas até onde vai a nossa confiança em Jesus? Eu estou sempre afundando e erguendo a minha mão num gesto suplicante, pedindo para ser salvo? Sem Jesus nós nos afogamos em nossos problemas e dificuldades. Sem a fé, sem o amor, nós morremos para Deus e podemos até nos tornar instrumentos do mal, como monstros marinhos que se devoram”, alertou o vigário.

Pe. Luís recordou ainda que tudo o que Jesus fez e ensinou foi para que nós o imitássemos. “Então, se eu estou firme e forte na fé, confiante em Jesus, devo estender a minha mão aos que estão afundando. Com Jesus, neste mundo, nós somos como salva-vidas a socorrer os outros, em suas necessidades do corpo e da alma.

Há uma personagem oculta nessa narrativa, como em todo o evangelho, mas que podemos vislumbrar, pois o Senhor nos coloca sua figura sempre presente na história da salvação. Maria, nossa mãe. Ele é a Stella Maris, em latim, estrela do mar. A estrela que aponta o caminho certo para os barcos e nnaios chegarem ao porto. Mas também é luz. Ela não é o sol, mas traz a luz que é seu Filho Jesus”.

Live musical

A live musical da noite foi animada pelo grupo QDS (Qualidade do Samba), grupo de pagode nordestino mais ouvido no Spotify. Tobias e Patrícia, casal apresentador, conduziu a live e o sorteio dos brindes, convidando todos a participarem das doações em prol da  campanha de instalação da energia solar na Paróquia.