Igreja no Brasil realiza a Campanha “É tempo de cuidar da Evangelização 2020”, em todo o mês de novembro

45

No último dia 3 de novembro, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou a campanha “É Tempo de Cuidar da Evangelização 2020”, uma campanha da Igreja no Brasil. O período de realização será em todo o mês de novembro, tendo na solenidade de Cristo Rei, dia 22, seu momento forte com a realização do grande gesto concreto: a Coleta do Bem. O lema da campanha é: “Somos Igreja: cuidamos da vida, cuidamos do anúncio da Palavra e cuidamos dos pobres”. A campanha é motivada pelo versículo bíblico: “Conheceis a generosidade de Cristo.” (2 Cor 8,9).

O bispo auxiliar do Rio de Janeiro e secretário-geral da CNBB, dom Joel Portella Amado, informa que no desejo de equilibrar a partilha corresponsável e a realidade de cada pessoa, família e comunidade, as duas coletas, da Solidariedade e da Evangelização, foram esse ano integradas em uma única, tendo sido abertos caminhos para que a oferta seja feita sem risco de contaminação.

“A generosidade é uma característica do cristão. Quem ama partilha. E não partilha apenas do que sobra. Partilha do pouco que tem. Partilha para o bem dos mais pobres e para a ação evangelizadora. As coletas anuais existem como forma dessa partilha e nem um momento tão complexo como o atual, pode cercear a bondade do coração. Sejamos, portanto, generosos, não deixando que um vírus tão violento como esse que aí está nos amedronte e restrinja nossa generosidade. Conhecemos a generosidade de Cristo (2 Cor 8,9). Esforcemo-nos por ter em nós os mesmos sentimentos de Cristo Jesus (Filip 2,5)”, disse.

Objetivos da campanha

A campanha tem três grandes objetivos: Mobilizar a comunidade, os homens e mulheres de boa vontade, a redescobrir a generosidade do amor de Cristo e revelá-la ao mundo por meio do gesto concreto de caridade e solidariedade, essência da identidade cristã; Renovar a corresponsabilidade dos cristãos católicos, fomentando a consciência sobre sua participação, como exigência da graça batismal, na obra e ação evangelizadora da Igreja no Brasil e na sustentação de suas atividades pastorais; e Mobilizar os cristãos católicos para contribuírem no gesto concreto da campanha, a Coleta do Bem.

Formas de doação

Quem desejar doar à Coleta do Bem poderá fazê-lo de duas maneiras. Por meio da oferta nas missas e celebrações realizadas durante os dias 21 e 22 de novembro, quando a Igreja celebra a Solenidade de Cristo Rei. A doação também poderá ser feita de forma simplificada e digital, por meio do site doe.cnbb.org.br.

1º vídeo da campanha

Este primeiro vídeo da campanha, com 4 minutos de duração, explica os impactos provocados pela pandemia do novo Coronavírus no mundo, na Igreja Católica e em seu trabalho de Evangelização no Brasil. O documentário demonstra que, mesmo num contexto de dificuldade, a Igreja no Brasil não deixou de cuidar da vida, dos pobres e da Evangelização e anuncia a realização da campanha e da Coleta do Bem.

Fonte: CNBB