O Preciosíssimo Sangue de Cristo

38

 Padre Reginaldo Manzotti | Jul 23, 2019


Essa devoção sempre esteve presente na história da Igreja


No mês de julho, a Igreja se dedica ao Preciosíssimo Sangue de Cristo, derramado pelo perdão dos nossos pecados. Essa devoção sempre esteve presente na Igreja, desde o início! São João Batista apresentou Jesus ao mundo dizendo: “Eis o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” (Jo 1, 29).


Sem o Sangue desse Cordeiro não há salvação. O Sangue precioso de Cristo foi prefigurado também naquele sangue do cordeiro pascal que os judeus colocaram nos umbrais das portas de suas casas, no dia da Páscoa, na saída do Egito, para que o anjo exterminador nenhum mal fizesse ao primogênito daquela casa. É sinal do Sangue do Cristo que nos protege de todos os males do corpo e da alma.


Na tradição da Igreja, São Gaspar de Búfalo propagou fortemente esta devoção, tendo a aprovação da Santa Sé; por isso, é chamado de o “Apóstolo do Preciosíssimo Sangue”. O Papa Bento XIV (1740-1748) ordenou a missa e o ofício em honra ao Sangue de Jesus, que foi estendida à toda Igreja por decreto do Papa Pio IX (1846-1878).


Pela primeira vez, estou fazendo, no programa Experiência de Deus, a novena do Preciosíssimo Sangue de Cristo, que jorraram das Santas Chagas de Jesus. E certamente muitas graças e bênçãos estão sendo derramadas, o Sangue de Cristo tem valor infinito, pois uma só gota pode salvar o mundo inteiro de qualquer culpa (cf. Carta Apostólica “Inde a Primis”, São João XXIII).


São Pedro ensina que fomos resgatados pelo Sangue do Cordeiro de Deus mediante “a aspersão do seu sangue” (1Pe 1, 2). “Porque vós sabeis que não é por bens perecíveis, como a prata e o ouro, que tendes sido resgatados da vossa vã maneira de viver, recebida por tradição de vossos pais, mas pelo precioso Sangue de Cristo, o Cordeiro imaculado e sem defeito algum, aquele que foi predestinado antes da criação do mundo” (1Pe 1,19).


São Paulo também nos diz: “Mas eis aqui uma prova brilhante de amor de Deus por nós: quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós. Portanto, muito mais agora, que estamos justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira” (Rm 5,8-9).


O Sangue de Cristo nos purifica de todo pecado: “Se, porém, andamos na luz como ele mesmo está na luz, temos comunhão recíproca uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo pecado” (1Jo 1, 7).


“Jesus Cristo, testemunha fiel, primogênito dentre os mortos e soberano dos reis da terra. Àquele que nos ama, que nos lavou de nossos pecados no seu Sangue e que fez de nós um reino de sacerdotes para Deus e seu Pai, glória e poder pelos séculos dos séculos! Amém.” (Ap 1, 5).


Por fim, finalizo enviando a oração ao Preciosíssimo Sangue de Cristo:


   


Preciosíssimo Sangue de Cristo,


    Lava-me, Senhor, com Teu Sangue precioso, derrama o Sangue das Tuas Chagas, mãos, pés, do Teu lado aberto. Lava-me com Teu Sangue por inteiro: corpo, alma e espírito. Envolve com Teu Sangue, a minha mente, o meu coração, a minha vontade e os meus sentimentos. Estou pedindo: derrama o Teu Sangue precioso sobre toda a minha pessoa. Senhor Jesus, que o Teu Sangue seja a minha defesa, minha fortaleza, minha guarda e que nada do maligno possa atingir a mim e a minha família, pelo poder do Teu Sangue precioso derramado sobre mim e sobre todos os que agora apresento em oração.


    (diga o nome das pessoas por quem oferece esta novena)


    Senhor Jesus, que derramastes Teu sangue precioso em remissão dos nossos pecados, humildemente peço essa graça que tanto necessito:

    (fazer o pedido)


    Agradecemos, Jesus, por Teu Sangue e por Tua Vida. Damos graças por termos sido salvos e sermos preservados de todo o mal. Damos graças pela redenção obtida por Teu Sangue.

    A minha defesa é o Sangue de Jesus.

    A minha proteção é o Sangue de Jesus.

    A minha cura é o Sangue de Jesus.

    A minha fortaleza é o Sangue de Jesus.


    Diante do Teu Sangue, Jesus, o inimigo é repelido e foge. Todo joelho se dobra nos céus, na terra e nos infernos, porque esse Sangue tem poder. Amém.