Pe. Alex de Brito convida a comunidade a ser luzeiro de Deus, “que serve para iluminar o outro que está no escuro”

14
Pe. Alex de Brito Sátiro

Filho da paróquia, Pe. Alex de Brito, atualmente Pároco de Nossa Sra. das Graças (Pindoretama), celebrou a missa do dia 11 de agosto, dentro da programação dos festejos de Nossa Senhora da Glória. Ele iniciou a homilia manifestando sua alegria em retornar a casa da Mãe, onde foi “criado, ajustado e lançado em missão”, declarou.

Pe. Alex explicou o tema da festa nos coloca no ambiente de família, porque a mãe de Deus esta em nosso meio. Em sua reflexão, o padre destacou que Maria se faz presente através do seu filho Jesus e que nós somos convidados a acolher o filho plenamente em nossa vida. Ele convidou a comunidade a ser luzeiro, que apresenta o brilho que vem de Deus. “O luzeiro serve para iluminar o outro que está no escuro”, explicou. Assim, os cristãos devem resplandecer a face do Pai, através do seu filho Jesus, por meio de atitudes e respeito aos preceitos e mandamentos.

Em menção à Primeira Leitura (Ez 12,1-12), Pe. Alex alertou para o que diz o Senhor: “as pessoas têm ouvidos, mas não ouvem, têm olhos, mas não veem”. Para ele, as pessoas só enxergam o que querem, só ouvem ouve o que é agradável aos nossos ouvidos. Assim, em sua reflexão, ele destacou a importância de seguir os preceitos do Senhor. ”Nossos ouvidos estão abertos? Nossos olhos enxergam? Então nos posicionemos como verdadeiros filhos de Deus”, enfatizou.

Na reflexão do Evangelho (Mt 18,21-19,1), o sacerdote destacou que o patrão perdoou a dívida do empregado, mas que este não conseguiu perdoar o irmão. “Se vocês forem aqueles que não conseguem perdoar o irmão, vocês são aqueles que não ouvem e não enxergam”, declarou. Deus é o verdadeiro chefe, empregador, o patrão que nos perdoa sempre, sempre que nos clamamos.

Pe. Alex finalizou orientando que “temos que olhar para a Mãe do céu e ver que e possível viver a graça de Deus aqui na terra, porque ela viveu”.

Assista à celebração